EVT.SinnemaArquitetura.png
 
 
 

Estudo de Viabilidade Técnica:

 

Elaboração de análise para seleção e recomendação de alternativas para a concepção da edificação e de seus elementos.

Para que?

Antes de qualquer empreendimento ser projetado em um determinado terreno, é fundamental analisar a sua viabilidade a partir de condicionantes físicas, legais, urbanas e ambientais. O EVT auxilia de forma direta a tomada de decisão por parte do empreendedor imobiliário, que por sua vez terá subsídios suficientes para entendimento dos custos de implementação e desenvolvimento da viabilidade econômico-financeira do empreendimento (EVE).

Para quem?

Destinado principalmente aos empreendedores que buscam a prospecção de um negócio imobiliário com otimização de resultados, com intuito de minimizar os erros na aplicação dos recursos disponíveis:

  • Terrenistas;
  • Investidores;
  • Incorporadores imobiliários;
  • Construtoras;
  • Administradoras de empreendimentos;
  • Arquitetos.

Como?

Sua materialização se dá através do recebimentos e análise das principais condicionantes físicas do terreno como:

  • Levantamento Planialtimétrico;

  • Sondagem do solo;

  • Documentos que contenham informações básicas do terreno e comprovam sua possibilidade de ocupação.

A partir desses dados, são levantadas questões de ordens técnicas e legais que dirão respeito às restrições e maneiras de ocupação, além dos órgãos específicos que deverão estar envolvidos na fase de projeto a título de aprovação do empreendimento. Como por exemplo, corpo de bombeiros, órgãos ambientais, de trânsito, patrimônio histórico e até de controle aéreo. O resultado da análise de todas as condicionantes é a produção de um relatório completo contendo:

  • Instrumentos urbanísticos/ambientais a serem respeitados e necessários à viabilidade do empreendimento;

  • Determinação dos órgãos competentes a serem envolvidos no processo de projeto;

  • Estudo de massa que determina a melhor implantação e aproveitamento do terreno de acordo com as condicionantes físicas, legais, contexto mercadológico e solicitação técnico/financeira do empreendedor. Fundamental para maximizar a busca de investidores e o VGV (Valor Global de venda);

  •  Apresentação de índices e indicadores da construção civil, resultantes do melhor estudo de massa e fundamentais para otimização e racionalização dos projetos, redução de custos de obra;

  • Demonstrativo dos custos globais preliminares da obra através do CUB (custo unitário básico), precedente ao desenvolvimento do EVE (Estudo de Viabilidade Econômica) por parte do empreendedor.

 

Solicite uma viabilidade:

 
 
 
 
 

Voltar